sexta-feira, 26 de junho de 2009

A morte de uma estrela

A morte de uma estrela
Renasce em energia,
O brilho permanece
Anos-luz.
A morte de uma estrela
Que foi do céu, ao inferno,
Do céu, ao inferno...
Não importa, é eterno.
A morte de uma estrela

Sempre deixa saudade.

*ao Michael Jackson (1958/2009)

Nenhum comentário:

Postar um comentário